Blog Nathfarma

dermatite seborreica

Dermatite seborreica: o que é, causas, sintomas e tratamentos

Seus cabelos estão cheio de caspa, coçando muito e irritado? Então fique em alerta, tem algo de errado acontecendo!  Afinal, quais são as principais causas e sintomas da dermatite Seborreica e o que fazer para eliminar essa doença? 

A dermatite seborreica é uma doença muito comum, que acomete o couro cabeludo e pode ser provocada por vários fatores internos e externos que contribuem para agravamento no quadro clínico.

Entretanto existem muitas dúvidas sobre cuidados específicos da dermatite seborreica e qual a melhor forma de prevenir e controlar. Atualmente, a dermatite seborreica tem acometido 18% da população mundial, e pode surgir  em três faixas etárias diferentes:

  • bebês  (2- 12 semanas de idade)
  • adultos (30 a 50 anos)  e 
  • idosos.  

Estima-se que cerca de 40% dos indivíduos maiores de 30 anos são os mais afetados.  A Dermatite Seborreica é mais comum nos homens por estar relacionada a fatores hormonais masculinos. Entretanto não descarta a ocorrência em mulheres.

Além disso, está associada também à algumas doença, principalmente em pacientes imunossuprimidos.  Neste texto mostraremos quais causas, sintomas e os tratamentos indicados para controle da Dermatite seborreica. 

Conheça nossa linha de produtos os para cuidar da saúde dos seus cabelos!

O que é dermatite seborreica?

Dermatite seborreica (DS) é uma doença inflamatória crônica de pele que causa descamação e vermelhidão em algumas áreas da face, como sobrancelhas, barba, cantos do nariz,  ao redor das orelhas,  nas dobras de pele (axilas, virilhas e debaixo dos seios) e principalmente no couro cabeludo. 

É importante ressaltar que a doença não é contagiosa e nem é causada por falta de higiene. Não é considerada perigosa e também não é uma alergia. A dermatite seborreica pode ser de origem genética ou de fatores externos como temperatura, ingestão de bebidas alcoólicas, fator estresse emocional dentre outras.  

Entretanto, a presença do fungo Pityrosporum ovale (designado atualmente Malassezia sp) é o principal causador da doença. São fungos leveduriformes em escamas gordurosas que acomete principalmente o  couro cabeludo e a pele. 

Nos bebês a dermatite seborreica é conhecida como crosta láctea, sendo uma condição inofensiva e passageira, na qual aparecem cascas grossas amareladas ou marrons sobre o couro cabeludo da criança. 

Essas escamas podem aparecer em outras regiões como nas pálpebras, nas orelhas, ao redor do nariz e na virilha. Sendo que também pode acometer em crianças quanto em adultos.  

Quais as causas da dermatite seborreica?

dermatite seborreica causas

A causa fisiopatológica da dermatite seborreica ainda não está totalmente definida. Mas sabe-se que se trata de uma doença crônica que possui manifestações clínicas diversas que não pode ser explicada apenas pela presença da espécie de Malassezia na pele, tendo como principais fatores a hereditariedade e o perfil imunológico do indivíduo.

A inflamação é de caráter crônica por ter períodos temporários intensos apresentando uma piora e momentos de melhora. 

Pode ser de origem genética ou ser desencadeada por agentes externos, como:

  •  Alergias
  • Estresse físico e emocional 
  • Alterações hormonais
  • Situações de fadiga
  • Má alimentação
  • Temperaturas extremas (frio ou calor),
  • Álcool
  • Excesso de oleosidade na pele 
  • Uso de medicamentos 
  • Uso frequente de shampoo 

Algumas outras condições pode estar associada a Dermatite seborreica como acne, rosácea, psoríase. Além de doenças imunológicas como AIDS e neurológicas como doença de parkinson.  

Principais sintomas da dermatite seborreica

Os sintomas da dermatite seborreica pode ocorrer em várias áreas distintas do corpo, sendo mais provável acometer em regiões onde a pele é oleosa e gordurosa como o couro cabeludo, face e locais com dobras. 

Os principais sintomas da DS são: 

  • Lesões leves avermelhadas na pele; 
  • Pele e couro cabeludo oleoso;
  • Escamas de pele: brancas que descamam (caspa) e amareladas que são oleosas e ardem;
  • Coceira na pele e couro cabeludo (pode se agravar caso a área estiver infectada pelo ato coçar em excesso causando sangramento e ferimentos);
  • Provável queda de cabelos.

Como realizar o diagnóstico?

O diagnóstico é feito clinicamente por um profissional especialista através do relato do paciente e da localização das lesões que podem apresentar de forma distintas no indivíduo. Alguns casos é necessária a realização de alguns exames clínicos, como o micológico, o teste de contato ou até mesmo a biópsia.

Quais são os tipos de Dermatite? 

A dermatite pode ser classificada de vários tipos como alérgica, esfoliativa, herpetiforme, numular, atópica, ocre e de fralda. Conheça como cada uma se manifesta:

Dermatite alérgica

dermatite alergica de contato

A dermatite alérgica, também chamada como dermatite de contato, ocorre na pele uma reação alérgica devido ao contato com uma substância irritativa, como:

  • Produtos cosméticos
  • Produtos de limpeza
  • Bijuterias (anéis, brinco, colar)
  • Picadas de insetos 
  • Ingestão de alimentos. 

Os sintomas são:

  • Vermelhidão, coceira ou queimação
  • Lesões na pele
  • Alguns casos pode ocorrer descamação e inchaço na pele. 

A dermatite alérgica tem cura desde que o paciente evite entrar em contato o agente causador da inflamação. O diagnóstico deve ser solicitado pelo médico para identificar a substância através do teste alérgico. 

Dermatite esfoliativa

A dermatite esfoliativa é uma doença inflamatória cutânea, manifesta com vermelhidão e descamação da pele causado por doença cutânea preexistente, fármacos, neoplasias ou de causa desconhecida. 

Os sinais e sintomas são:

  • Prurido;
  • Eritema difuso e descamação epidérmica;

O diagnóstico é clínico. O tratamento consiste em corrigir a causa e no uso de corticoides.

Dermatite herpetiforme

dermatite herpetiforme bolhosa

A dermatite herpetiforme, também conhecida como doença de Duhring ou dermatite herpetiforme celíaca, é uma doença auto-imune, que provoca a formação de pequenas bolhas na pele que coçam, semelhantes às lesões provocadas pelo herpes.

Os sintomas são: 

  • Sensação de queimação nas regiões afetadas;
  • Surgimento de placas vermelhas com descamação;
  • Pequenas bolhas que coçam;
  • Bolhas com película fina que se rompe ao coçar.

O tratamento consiste restrição e alimentos com o glúten, evitando: pães, bolos, biscoitos, massas, salgadinhos, leite maltado e outros produtos que contenham farinha de trigo, cevada, aveia e centeio. 

Lembrando que é importante a orientação médica sobre a doença, recidivas, exames complementares a serem seguidos e controle da patologia. 

Dermatite numular

dermatite numular tratamento

Dermatite numular é uma inflamação da pele caracterizada por lesões eczematosas em forma de moeda ou disco. 

Os sintomas são:

  • As lesões surge como placas de pápulas e vesículas com líquido transparente 
  • Formam crostas;
  • Posteriormente, tornam-se secas, escamosas, liquenificadas 
  • Lesões costumam ser acompanhadas de coceiras na pele . 

O diagnóstico é clínico e o tratamento pode incluir corticoides tópicos e fototerapia.

Dermatite atópica

dermatite atópica tratamento

A dermatite atópica é um dos tipos mais comuns de alergia cutânea. É uma doença genética, crônica e que apresenta pele seca, erupções que coçam e crostas. É mais comum se manifestar  nas dobras dos braços e da parte de trás dos joelhos. 

Não é uma doença contagiosa e não transmite ao tocar. 

Sintomas e características da dermatite atópica:

  • Pele muito seca com prurido, ocorrem irritação e lesões na pele;
  •  Alterações na cor, vermelhidão ou inflamação da pele ao redor das bolhas;
  • Áreas espessas ou parecidas com couro, que podem surgir após irritação e coceira prolongadas. 

O diagnóstico é clínico e o tratamento inicia com o controle da coceira, a redução da inflamação da pele e a prevenção das recorrências. É indicado também o uso de hidratantes devido a pele ser muito ressecada e com coceira.

Dermatite ocre

A Dermatite ocre também conhecida como dermatite de estase, ocorre devido à hipertensão venosa causada pela insuficiência venosa.  Essa condição é devido ao mau funcionamento das veias o sangue fica represado na parte inferior da perna aumentando a pressão local. Isso pode levar a um extravasamento de sangue e acúmulo de um pigmento chamado hemossiderina na pele. 

Este pigmento contém ferro, e isso leva a uma coloração amarronzada, enegrecida, que aparece principalmente na parte distal da perna.  O tratamento da Dermatite ocre é de difícil reversão. A prevenção é o melhor tratamento das varizes para que a doença progrida para estágios mais graves.

Mesmo o clareamento da pele nas áreas pigmentadas seja difícil, é indicado cremes clareadores e tratamentos dermatológicos específicos que podem amenizar o quadro. 

Dermatite de fralda

Dermatite da fralda ou assadura é uma reação inflamatória da pele dentro da área da fralda em bebê neonatos e lactentes. Acomete nas regiões das nádegas, a região perianal, os órgãos genitais, as coxas e a cintura. 

O tratamento é realizado no controle da cicatrização da pele danificada e prevenção de erupções cutâneas recorrentes.

As medidas gerais de cuidados com a pele consiste em: 

  • Troca frequente de fraldas, 
  • Exposição ao ar
  • Limpeza suave no local
  • Escolha das fraldas 
  • Uso de preparações tópicas de barreira. 

Principais tratamentos para a dermatite seborreica

O tratamento para dermatite seborreica consiste no controle da inflamação, evitar a proliferação dos micro organismo e reduzir a oleosidade.  É necessário deixar claro ao paciente que por se tratar de uma doença crônica pode ter recidiva em alguns momentos e o controle e a prevenção dos agentes desencadeadores depende da adesão ao tratamento.

Conheça a classe farmacológica e os medicamentos mais indicados no tratamento da dermatite seborreica:

  • Antifúngicos tópicos (Cetoconazol, piritionato de zinco, ciclopirox e sulfeto de selênio);
  • Antifúngicos Orais (Cetoconazol, Itraconazol e terbinafina);
  • Corticosteroides tópicos (Clobetasol de propionato e hidrocortisona);
  • Anti histamínicos sistêmicos;
  • Antiproliferativos (Coaltar e LCD);
  • Ceratolíticos (Ácido salicílico e enxofre)
  • Antiinflamatório inibidores da calcineurina (Tacrolimus e pimecrolimus)

As opções terapêuticas são indicadas como cremes hidratantes, shampoo e sabonetes incorporados com os antifúngicos, corticosteróides,anti proliferativos e ceratolíticos. 

Quais os principais produtos indicados para Dermatite Seborreica

Os shampoo são os mais indicados para Dermatite seborreica, são à base de cetoconazol, piritionato de zinco e sulfeto de selênio. Veja a seguir qual shampoo usar para dermatite e as propriedades terapêuticas de cada um: 

  • Cetoconazol: é um antifúngico utilizado tópico e oralmente no tratamento de infecções causadas por fungos.

Indicado nas Infecções sistêmicas causadas por fungos, dermatite seborreica e caspa.

Dosagem usual: 1 à 2% uso tópico (shampoo e cremes) 

 Adultos: 200mg ao dia uso oral 

 Infantil: 3mg/kg ao dia ou 50mg para crianças entre 1 a 4 anos e 100mg ao dia para crianças entre 5 a 12 anos.

Nas  formulações manipuladas o cetoconazol pode ser associado com outros ativos como ácido salicílico, enxofre, óleo de melaleuca potencializando a ação na dermatite seborreica. 

  • Piritionato de zinco: Possui um amplo espectro de ação antibacteriana e antifúngica. Nas concentrações 1% a 2% em shampoo é muito  efetivo na dermatite seborreica. Normalmente associado com cetoconazol. 

Apresenta ação citotóxica contra o fungo Malassezia e atividade antiproliferativa. Também previne a recorrência de descamação, coceira e vermelhidão associadas à caspa.  

  • Sulfeto de selênio:  tem ação anti-séptica, antifúngica e anti-seborréica. Indicado nas micoses cutâneas e capilares, na caspa micótica e seborréica. É usado nas concentrações de 1 a 2,5 % em shampoos para o tratamento da caspa, seborréia do couro cabeludo e tinea versicolor (ptiríase).

Como prevenir a dermatite seborreica?

Os cuidados especiais com a higiene e o uso de formulações como shampoo, sabonete e cremes adequados ao tipo de dermatite seborreica são necessários para a prevenção da dermatite seborréica. 

O tratamento deve ser realizado de forma correta orientada um profissional, pois vai depender da localização das lesões e da intensidade dos sintomas.  Além disso, é necessário adequar alguns hábitos e eliminar os fatores reguladores que intensificam o quadro da doença. 

A Dermatite Seborreica apresenta características distintas dependendo da faixa etária acometida. 

Veja a melhor forma de se prevenir:

Adultos

A Dermatite seborréica em adultos é crônica, em períodos de baixa imunidade tem recidiva. Pode variar desde uma vermelhidão mais leve a moderado até lesões papulosas, exsudativas e/ou escamativas, principalmente em com fatores relacionados ao estresse e insônia.

A prevenção deve iniciar nos cuidados com a higiene dos cabelos: não tomar banhos muitos quentes, frequência de lavagem, não deixar  molhados. Além disto, evite alimentos gordurosos, uso de bebidas alcoólicas e fumo. 

Além disso uso correto de substâncias específicas para o tipo de dermatite. 

Crianças

dermatite seborreica em bebe

Dermatite seborreica em bebês e crianças deve ter cuidado redobrado, pois a pele é extremamente sensível. 

A melhor forma de controle e prevenção: 

  • Frequência de mais vezes na troca de fraldas para evitar umidade e o aparecimento de erupções cutâneas na pele do bebê;
  • Uso de óleo mineral ou azeite no couro cabeludo do bebê massagear suavemente  para remover a crosta láctea;
  • Lavar os cabelos diariamente com shampoo infantil;
  • Uso de escova com cerdas macias;
  • Uso de cremes e pomadas com corticosteroides e antimicóticos tópicos. 

Idosos

Em idosos a prevenção de dermatite seborreica deve ter as mesmas restrições e ações para um adulto.

Entretanto é importante que o idoso tenha auxílio de outra pessoa nos cuidados com a limpeza dos cabelos, orientar quanto a frequência do uso dos produtos específicos para que não aumente o grau de inflamação da doença.

O que fazer para acabar com a dermatite seborreica?

Segundo a Sociedade Brasileira de Dermatologia não existe uma forma de prevenir  o surgimento e o desenvolvimento da dermatite seborreica.  Entretanto a mudança nos hábitos de vida, em algumas ações e cuidados podem aliviar os sintomas e melhorar o tratamento.

Dicas para melhorar os sintomas da dermatite seborreica

Alguns cuidados que podem melhorar e prevenir os sintomas da dermatite seborreica:

  1. Evitar banhos muito quentes;
  2. Evitar o uso de roupas com tecidos sintéticos pois podem reter suor e piorar a inflamação;
  3. Manter os cabelos e pele sempre secos;
  4. Evitar usar cremes e hidratantes perfumados;
  5. Evitar coçar para não irritar e risco de infecção;
  6. Controlar o estresse físico e emocional;
  7. Não deixar resíduos de shampoo, condicionador, géis e pomadas no cabelos
  8. Evitar lavagens frequentes;
  9. Evitar uso de chapéus ou bonés pois podem aumentar a umidade no couro cabeludo;
  10. O tratamento para dermatite seborreica caseiro não é recomendado. Siga as orientações de um profissional. 
  11. Evite ingestão de alimentos gordurosos e bebidas alcoólicas.
  12. Nem sempre toda caspa é sinal de dermatite seborreica, certifique o profissional o ativo correto para a condição específica para o seu cabelo.

Conclusão

A dermatite seborreica sendo uma inflamação crônica do couro cabeludo com frequência de recidivas necessita de cuidados específicos.  

O diagnóstico precoce é um das alternativas para o sucesso no tratamento da dermatite seborreica, mas para a isso fique atento as melhores dicas que podem melhorar os sintomas. 

Como vimos, a mudança no hábitos de vida, o uso hidratantes diariamente e o uso de shampoo específicos são dicas primordiais que podem ser utilizadas para o controle da doença.

Compre agora mesmo os melhores produtos para a saúde dos cabelos na NathFarma!

Referências

BATAGINI, Dra Nayara. O que é dermatite ocre e por que ela aparece? Disponível em: <http://www.dranayarabatagini.com.br/o-que-e-dermatite-ocre-e-por-que-ela-aparece/#:~:text=A%20dermatite%20ocre%20ocorre%20devido,pigmento%20chamado%20hemossiderina%20na%20pele. Acesso 27 agosto 2020. 

FORMARIZ.Thalita pedroni, et al.  Dermatite Seborreica: Causas, diagnósticos e Tratamento. Infarma, v.16, nº 13-14,2005. Disponível em: <https://www.cff.org.br/sistemas/geral/revista/pdf/72/i06-infdermatite.pdf>. Acesso 27 agosto 2020. 

Sociedade Brasileira de Dermatologia: Dermatites: Disponível em: <https://www.sbd.org.br/dermatologia/cabelo/doencas-e-problemas/dermatite-seborreica/84/#prevencao>. Acesso 26 agosto 2020.

Minha vida. Dermatite Seborreica. Disponível em: <https://www.minhavida.com.br/saude/temas/seborreia>. Acesso 27 agosto 2020.

Sampaio ALB, Mameri A, Jeunon T, Ramos-e-Silva M, Nunes AP, Carneiro S. Dermatite Seborreica. Educação Médica Continuada. An Bras Dermatol. 2011. Disponível em:<.https://www.scielo.br/pdf/abd/v86n6/v86n6a02>. Acesso 26 agosto 2020.

Guia de Farmácia. Dermatite Seborreica. Disponível em:<https://guiadafarmacia.com.br/dermatite-seborreica-sintomas-causas-e-tratamentos-indicados. Acesso 26 agosto 2020.

Manual MSD Versão Saúde para Família. Disponível em:<https://www.msdmanuals.com/pt-pt/casa/dist%C3%BArbios-da-pele/coceira-e-dermatite/dermatite-seborreica>. Acesso 26 agosto 2020.

Sulfeto de Selênio: Disponível em: http://www.lepuge.com.br/Arquivos/Produto/SULFETO%20DE%20SEL%C3%8ANIO_Nova%20Literatura.pdf.Acesso 26 agosto 2020. 

Cetoconal: Disponível em: http://www.purifarma.com.br/Arquivos/Produto/ketoconazol%20_Nova%20Literatura.pdf. Acesso 26 agosto 2020. 

Piritionato de zinco: Disponível em: https://br.fagron.com/sites/default/files/piritionato_de_zinco_mt_ago-18.pdf. Acesso 26 agosto 2020. 

Tua saúde. Disponível em:<https://www.tuasaude.com/dermatite-herpetiforme/> Acesso 27 agosto 2020.

VARELLA. Drauzio. Caspas  Dermatite Seborreica. Disponível em: <https://drauziovarella.uol.com.br/doencas-e-sintomas/caspa-dermatite-seborreica/>. Acesso 26 agosto 2020. 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Follow by Email
Instagram
Rolar para cima